folhas de outono

folhas de outono

terça-feira, 12 de julho de 2011

O TEMPO !



O TEMPO...
NOS CONGELOU UMA IMAGEM
QUE IMPALIDECE.
TENHO TANTA SAUDADE.
DOS TEMPOS VERDES
QUE DEIXAMOS DE CULTIVAR

O TEMPO...
ANDA MEXENDO COMIGO,
COM A GENTE
TENHO TANTA SAUDADE

O TEMPO...
ME FAZ CHORAR,
CHORAR MESMO,
POR CAUSA DA SAUDADE
TENHO TANTA SAUDADE

O TEMPO...
NÃO PODIA SER DIFERENTE
PORQUE O TEMPO
NADA ESQUECE.

By Severa Cabral
(escritora)

Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998

18 comentários:

Everson Russo disse...

O tempo nos é implacável, temos que aproveitar a vida, o agora, o hoje, pois ele passa feito agua entre os dedos,,,e se não estivermos atentos,,,perdemos a poesia escrita da vida...grande beijo de bom dia pra ti querida...

Um brasileiro disse...

Oi moça. Tudo blz? Muito lindo. Beijos e abraços.

Rô... disse...

oi Severa,

o tempo é um grande amigo e aliado,
se soubermos lidar com ele,
devemos nos colocar a seu favor,
e saber esperar por ele,
grande segredo e grande aprendizado!!!

beijinhos

blog da Paraguassu disse...

Olá querida Severa,
Amiga amada, o tempo é um inimigo implacável, pois não nos dá chance
para voltarmos atrás e fazermos tudo de novo, porém de outra maneira.
Obrigada pelo comentário tão carinhoso em meu blog. Você é demais!!!
Uma ótima semana e um grande beijo em seu coração.
Maria Paraguassu.

R. R. Barcellos disse...

O tempo é íntegro. Nós é que temos a mania de fatiá-lo em minutos, dias ou milênios, para que possamos colocá-lo nos recipientes que chamamos de passado, presente e futuro...
Beijo.

allmylife disse...

O tempo nos assombra e nos consola!! adorei Severa..boa terça =)

MARILENE disse...

O tempo se faz presente em cada linha de nossas vidas. Deixa suas marcas. Mas elas não impedem a continuação da jornada. Cicatrizes significam vivência e não incomodam os olhos da inteligência.

Bjs.

Aleatoriamente disse...

O tempo...
Ás vezes fica irreconhecível no meio do picadeiro da vida.
E na polêmica da vida ele caminha.
Nós ensinando ou aprendendo, caminhamos nele.
Uns com determinação, outros com covardia, outros com fé e esperança e poesia.
Será o tempo um poeta? Talvez.
Mas deixa em cada um de nós, a arte de poetizar da maneira mais parecida conosco.
Amei teu poema moça.

Beijo Severa.
*
Fernanda

Sergio Martins disse...

Belo poema! O tempo também nos instrui a sermos amantes dele mesmo. Bjs.

Arnoldo Pimentel disse...

Lindo seu poema, o tempo sempre presente em tudo.Beijos

Meire disse...

Severa querida, o tempo pode ser ruim em algumas vezes, mas tbm ajuda a curar muitas feridas né amiga?!!!

te amo, bjokitas ;)

Vera Lúcia disse...

Severa querida,
O tempo é ágil, voa, mas nos traz muitos presentes incontestavelmente belos. Vários tesouros inacumuláveis, como aqueles da alma,da experiência e da aquisição de valores novos.
Podemos ter saudade, é verdade, mas vamos convertê-la numa saudade gostosa, de lembranças doces que nos acompanharão até o final.
Beijos, amiga.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

O tempo não pára e a nós cabe segui-lo sempre de perto. Se pararmos ele passa por cima. Ele as vezes é vilão, mas pode também ser aliado, pois cura as feridas, eterniza lembranças...
Beijokas doces querida.

Aline Galdino disse...

Obrigada por abrilhantar meu blog com seus comentários!!

Que lindoooooooooo o que você escreve. Dá pra ver que vem da alma!!

AMEIII A PARTE QUE DIZ:

O TEMPO...
NOS CONGELOU UMA IMAGEM
QUE IMPALIDECE.
TENHO TANTA SAUDADE.
DOS TEMPOS VERDES
QUE DEIXAMOS DE CULTIVAR


SHOWWWWWWW!!! ARRASOUUUUUUUUUUUUU!!!

BEIJOS COM MUITO CARINHOOOO

Ma Ferreira disse...

Maezinha um bj,,,saudades

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Querida amiga Severa. Hoje ao abrir meu blog e ler tua linda mensagem senti o quanto é importante nas horas difíceis os verdadeiros amigos. Agora lendo tua poesia sobre o tempo posso afirmar que também tenho saudades de um tempo que o tempo não voltará. Ah se tivéssemos uma, somente uma única segunda vez, com certeza faríamos muitas coisas completamente diferentes. Um grande beijo no fundo do teu afetuoso coração.

Lena disse...

Severa querida,
O tempo realmente é cruel com a nossa imagem, mas o que ganhamos com ele acho que compensa essa perda do tônus da juventudo. E, afinal, você ainda tem esse charme todo, esse talento todo de escrever coisas lindas e nos emocionar, e acredito que um pique enorme que muito menininha não consegue te acompanhar. Beijos, amore, você ilumina e planta amor nos meus cantinhos!

Rosi Alves... disse...

amei até mesmo porque sempre tive a filosofia que o tempo não faz a gente esquecer nada só acalma.beijos