folhas de outono

folhas de outono

domingo, 25 de março de 2012

SAUDADES OUTONAIS !

Viver o outono,com suas noites  frias,me traz grandes recordações,
como razões e questionamentos.
Estava eu em uma nestas noites a reviver grandes emoções.
Viajei e fui lá num cantinho que hoje é sagrado e muito especial.
Resolvi dividir essa minha emoção com vocês,
que já fazem parte do meu cotidiano.
Foi nessa casinha tão modesta,na zona rural que dei ponto de partida
com livros debaixo dos braços para a zona urbana,em busca da minha
 intelectualidade.foram caminhos longos até chegar onde estou...
Hoje sentada numa cadeira onde posso me espreguiçar de frente a
um computador,trazer você para dentro da minha casa e ainda dizer
que te admiro e te amo muito.
Por isso vejo que valeu a pena os caminhos percorridos...
                                           Essa foi minha primeira estrada,caminhos longos!
Muitas vezes sentei debaixo desse juazeiro,para usufuir de uma boa leitura e,
ouvir o murmurar tão gentil das árvores balançando e,
suas folhas magestosamente caindo suavemente em pleno outono...
                             Andando pelos campos e admirando o formato de cada árvore vejo,
                        que tem muitas que na sua elegância  quiz ser um pinheiro,rsrsrsrs
                     Aqui no Nordeste vivemos a seca ,mas no brejo temos o florir quase em despedidas...

Aqui são poucas as águas juntas.Por isso que  choramos um inverno que nunca chove.Mas que Deus nos escute e molhe os nossos dias...
                                 Alguém já me perguntou!Que faço para ser tão aguçada,rsrsrsrsrs
Ai está a resposta. É dessa paisagem que meus olhos transpira esperança,onde me derramo em versos,formando poemas e poesias,rsrsrsrsrsrs.
Pronto!Sentadinha aqui neste campo verdejante,meus pensamentos já inspiraram e dentro da minha sensibilidade nasceu mais um poema...
                            ASAS  DE  OUTONO  !

Tenho asas que carregam
sonhos,desejos,emoções,
ilusões,vivências...
E para viver todos
esses sentimentos
sem constrangimento
sobrevôo sempre em busca
de novos alentos
com o sabor do vento
de outono
que fecha-se em juramentos
dando a certeza que
somos alma e corpo
com asas que abrem e fecham...
                                                             

  Severa Cabral(escritora)
  Direitos autorais reservados
   lei 9.610 de 19/02/1998

                                                              Essa é minha porta de entrada!
                                                                          E onde é a sua!

55 comentários:

Daniel Costa disse...

Amiga Severa

Todo post de emoção e genialidade.
Abraço

✿ chica disse...

Que coisa mais linda,Severa!!Muito legal de ver tua casinha, teus caminhos e saber por onde passaste. Emocionante.Linda poesia! Acabei de te ver na Anne...beijos,tudo d bom,chica

Sandra disse...

Minha querida, tens asas que nos acariciam....
adorei ver os caminhos que trilhaste, o poder e fascínio da terra nos teus pés. Lindo!
beijinho

Ingrid disse...

querida,
o outono é melancólico mas belo..
com cores matizadas de luz..
sempre bom estar por aqui e te sentir..
beijos perfumados..

Marly Bastos disse...

Severa, es uma flor nativa!
lindo seu post, emocionante quanto depoimento.
E o poema muito bom mesmo!
Todo post é um conjunto de amor e agradecimento!
Beijokas doces e bom domingo.

Alê disse...

Doce Severa,

Que caminho!

Lindas imagens, linda história. Obrigada por compartilhá-la,


Bjkas

Rô... disse...

oi minha querida,

percorreu caminhos longos,
mas muito lindos,e te fizeram essa beleza de mulher,
admirada e querida por todos nós,
seus amigos,
adorei conhecer sua casinha,
que lugar gostoso,
tenho certeza que meu marido iria adorar...

vou lá na Anne te ver,
beijinhos

Daniel Costa disse...

Savera

Voltei a passar a reler mais uma vez, para reconfirmar a blogueira insofismávelmente emotiva. Nostálgica e muito sencivel. De notar que as pessoas, verdadeira, ou não, revelam sempre o que são, pelo que como escrevem, quer queiram ou não. Não falo de grafologia. essa é um ciência mais subjectiva.
Abraço

Pedrofransilva disse...

Me leva para esse paraíso, me deixa virar semente, me plante em cova rasa e deixa a natureza fazer o resto. Não penso em ser uma fruteira um uma árvore frondosa, bastava-me se um um mero sem importância arbusto.
Era disso,, era isso que lhe falei, é isso que eu quero e desejo do meu coração!
beijos

Leninha disse...

......também já quis ser matinho de beira de estrada,arbusto pequeno que o vento balança,gota dágua e pingo de chuva...é na simplicidade que se encontra a beleza da vida...e você a encontrou lá,minha querida.
Bjssssss,
leninha

Célia Rangel disse...

A sua trajetória, ainda que seca na paisagem, floriu em verso e prosa a meiguice e a força interior que a move, Severa! Isso é viver e não vegetar!
Bj. Célia.

Lucinha disse...

Severa,

Estou em falta com você e alguns amigos, mas estou organizando minhas visitas aos finais de semanas.

Muito lindo esse lugar, que é fonte de muita inspiração. O mais lindo disso tudo foi você não ter esquecido suas raízes, o que lhe faz tão grande nos dias de hoje.
Isso é sinônimo de superação. Não foram os longos caminhos a percorrer e nem as secas que lhe fizeram parar.

Muito bom conhecer você e suas histórias.

As fotos ficaram lindas nesse lugar tão encantador, e com a sua presença tão linda.

O verso, fonte de toda essa inspiração, é lindo demais!

Abraço,

Maria disse...

Minha amiga que local tranquilo e lindo, realmente uma fonte de inspiração que leva a poemas maravilhosos, como este que nos ofereceu.
Bom restinho de domingo e uma excelente semana.
beijinhos
Maria

R. R. Barcellos disse...

Covardia.
Com um cenário desses e uma estrela como você, as obras-primas são garantidas...
Beijos.

Andre Mansim disse...

Puxa Severinha, que lugar bonito e que lembranças boas e ao mesmo tempo difíceis você compartilhou com a gente!

Obrigado!

Ah... E belo poema também. Muito carregado de emoção!

Carla Fernanda disse...

Querida Severa sua história é tão simpática e encantaora quanto você amiga.

Beijos e boa semana!
Vou lá te prestigiar!!!

Leonel disse...

Sempre emocionante a volta às origens...
E que lugares bonitos!
Com certeza, devem te trazer boas lembranças...
Vou conferir no outro blog...
Bjs, Severa!

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia minha querida!
Enquanto lia me teletransportei para essa paisagem maravilhosa.Suas palavras penetraram na minha alma.
Grande abraço
se cuida

Jardim das poesias infantis/Magia em versos disse...

Oi Severa!
Realmente com tanta beleza e benção da Mãe Natureza ao seu redor fica mais fácil se inspirar.
És privilegiada.
abração com carinho e uma ótima semana para ti.

Anne Lieri disse...

Severa,começar o outono abrindo as asas e voando nessa linda poesia é tudo de bom!As fotos ficaram maravilhosas!Obrigada por compartilhar a sua poesia lá no Recanto!Faz o maior sucesso! Boa semana, linda e sensivel amiga!

edumanes disse...

Saudades outonais,
Escreveu Severa Cabral
Porque nunca serão demais
Quem as não tem afinal!

O outono lá lá vai,
Também se foi o inverno
Quem por engano cai
Ser enganado não quero.

Gosto mais da primavera,
Que às plantas trás o verde
Sempre com ela que me dera
Para a quem ama dizer a verdade.

Na sua primeira estrada,
Longos caminhos percorrer
Procurando encontrava
Para hoje muito feliz ser.

Não me o disse,
Nem eu o perguntei
A tristeza ser chatice
Tudo isto imaginei.

Com a sua esquerda mão,
Para o ramo de uma árvore aponta
O que será que guardo em seu coração
Com alegria no rosto e sorriso nos lábios sempre pronta.

De noite ou de dia,
Digo a Severa Cabral
Obrigado pela sua simpatia
Seu amigo de Portugal.

Desejo para você um dia de segunda-feira muito feliz.
Um beijo.

Yasmine Lemos disse...

EMOCIONANTE! linda,linda tudo maravilhoso.
Sem palavras Severa
meu beijo grande pra vc ,mulher forte e sensível

Mel disse...

Mirou o sonho e com suas asas buscou o teu destino.

Tudo aqui transborda poesia.Palavras e imagens.

"Andando pelos campos e admirando o formato de cada árvore vejo,
que tem muitas que na sua elegância quiz ser um pinheiro,rsrsrsrs "

Adorei tudo que vi e li.
Voltarei mais vezes...

Beijinho

Elisa T. Campos disse...

Querida Severa
Linda postagem como sempre.

Severa em verso
no V da árvore
é só poesia.

Querida mãe do coração.
Hoje foi a vez da sua outra filha enfeitar o meu espaço.Vá lá conferir.
Logo será a sua vez.Aguarde.

Beijusssss

elvira carvalho disse...

Excelente post com toda essa bela natureza a embelezar e alimentar o poema.
Parabéns.
Um abraço e uma boa semana

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Severa. A sua postagem toda foi bem emocionante, e fico feliz em ler-te.
O seu poema é lindo, e eu adoro o outono e fiz um poema sobre ele, mas não necessariamente falando apenas da estação. Veja, e diga o que achou.
Um beijo na alma, e fique na paz!

OBS: Caio está animado para fazer o poema da Severa, Severinha.
Agora ele está na faculdade.
Tenho certeza de que sairá um poema de alma!
Terá de aguardar, uma vez que é meio preguiçoso! Rs!

Rosa Carioca disse...

Adorei!

Eloah disse...

Querida, quando o coração tem o sabor da beleza, a porta sempre será bela.O poeta sonhador vê a beleza aonde estiver, porque sonha e faz das palavras sentimentos.
Fizestes uma bela caminhada.Que Deus te abençoe e ilumine teus passos para que continues encantando por onde passares.
Bela semana de outono.
Bjs Eloah

MA FERREIRA disse...

Mammy querida..

Nossas origens são bem parecidas...
só que em lugares diferentes.

Voce é a mesma pessoa desde que te conheci. Desque te vi e disse: Essta é uma mulher de verdade, forte e ousada.

Que bom que te conheci.

Que deus te mantenha sempre assim, jovem, alegre, otimista, carinhosa.

E seu poema é só emoção. Como todos.

Um beijo e um abraço bem apertado mamy querida!!

Sandra Portugal disse...

Severa querida, parabéns por ser quem é! Parabéns por suas conquistas!

Amiga, inovei e lancei na postagem de 25/03/2012 um sorteio lá no blog!
Conto com sua ajuda divulgando e também participando!
Segue o link:
http://projetandopessoas.blogspot.com.br/2012/03/quem-voce-quer-ser.html#comment-form
bj carinhoso
Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Ivana disse...

Severa
Tão bom chegar aqui, me sinto acolhida por sua amizade, e sua história de vida sempre me emociona. Te admiro muito, que Deus na sua infinita bondade te abençoe sempre. Sua história comove, mas também você sempre faz umas gracinhas, não sei se choro, se dou risada, mas confesso que já chorei, já ri, você é danada, mesmo!
Um abraço, e uma semana repleta esperança de chuva para sua região, que tanto precisa. A chuva é abençoada, pena o homem não saber da sua importância, por isso não respeita a natureza. bjs

Everson Russo disse...

O Outono e sua mudança de cor, de vida, nos traz realmente sentimentos de saudades,,,de nostalgias,,,e muita inspiração...beijos de bom dia pra ti amiga.

ana costa disse...

Mas que sítio mais lindo!!
Fiquei encantada com toda essa beleza que você minha amiga tão bem emoldurou com com essa doce poesia...
Beijo

Alê disse...

Um beijo enorme

Leninha disse...

Severa querida,

Vim te rever e ao teu lindo recanto,origem de toda esta beleza,presente em ti e nos teus versos.
E também agradecer pelas palavras tão doces em meu Sonhos e Encantos...doces como você e este teu coração enorme e terno.

Bjsssssss,
Leninha

Loivarice disse...

Olá Severa querida,não importa o lugar e importante e que nele somos ou fomos felizes, bjs em seu coração...

Ivone Poemas disse...

Severa, lindíssimo lugar e os versos lindos cheios de inspiração me levou aí, que maravilha que é poder ler essas coisas lindas e ver seu recanto encantador!!!
Ivone

Sônia Amorim disse...

Uma postagem onde se tem muitas emoções voltando ao passado onde tudo realmente começou, é bom relembrar, linda e encantadora essas lembranças, amei, te convido a conhecer e participar do meu novo blog, um espaço que sempre quis criar e agora acho que é a hora, conto com você, participe, beijos

Giovanna disse...

Amiga Severa Serena, sempre tão linda, tão sensível em seus acordes cheios de versos...

um lindo dia com vento e brisa de outono batendo em seu rosto e espalhando poemas pelo sertão.
Beijos
Giovanna

Evanir disse...

Madrinha Querida.
Entrei agora para enviar um email e vim no seu blog agradecer todo carinho que tens me dado.
Amada:Vendo esse lindo lugar recordei com saudades do meu cantinho onde fui criada .
O seu tem uma linda casa ao fundo a minha era de parede de barro e chão batido.
A paisagem sim era magnifica com um grande pomar de muitas variedades de frutas .
Ao fundo tinha um riacho onde eu brincava quando menina.
Quanta felicidade deixei no tempo por força da vida .
Hoje entendo como somos parecidas onde crescemos e vivemos nossos primeiros anos de vida.
Eu só fui pra cidade aos 19 anos fui do campo mesmo cai de paraquedas na cidade grande .
Sem palavras diante da beleza do seu poema.
Madrinha estou sumida porque estou com uma gripe que mal paro de p´e indo direto nos médicos.
Tenho amanhã também caso eu entrar te chamo preciso te dar um recado.
Beijos minha flor de laranjeira sua afilhada.
Evanir..
Vamos cobrar o Caio??
Me disse que vai fazer um poema pra nós duas eu já fui cobrar hoje.
Caio tem grande talento e é um grande amigo da gente.

Everson Russo disse...

Um bom dia pra ti amiga, cheio de paz, amor e poesia...beijos e beijos.

♫*Isa Mar disse...

Oi Severa, muito legal de vez em quando relembrar as origens, lindo poema, beijos e lindo dia!

MARLENE disse...

minha amiga querida para voce eu tiro sempre meu chapéu porque voce tem
alegria por tudo nesta vida,,
que lugar lindo que amei conhecer
adoro ver este seu sorriso de agradecimento a Deus por toda sua tragetória des de o principio
lindo demais

se todos fossem no mundo iguais a voce ? que maravilha viver!!!

as alegrias da vida estão guardadas dentro das pessoas se todos podessem entender a palavra em seu
sentido por completo,que alegria viver!!!parabens amiga por voce fazer da vida um jardim florido constantemente bjs com carinho e admiração marlene

Imac by Artes disse...

Querida amiga!
Belas fotos e poema,como sempre.
Amei conhecer um pouco mais de ti.
Que linda história de vida!
Abraços! Um semana abençoada e radiante pra ti.

Evanir disse...

Hoje é aniversário de uma amiga
muito especial para mim.
E para todos nos blogueiros caso não a
conhecer o endereço dela esta na postagem do blog.
Que tal deixar seu carinho a essa pessoa
tão especial?
Uma linda tarde beijos no coração sua afilhada.
Evanir.
A aniversariante é a Marcia Luconi.
Não poderia deixar de avisar tu minha Dinda se Deus quiser ainda vou contigo nesse lindo lugar de sonhos.Ao pé do cajueiro.

Adriano César Curado disse...

Minha doce amiga, quero agradecer sua visita lá na Tenda das Palavras e dizer que nunca me esqueci dos seus textos. Eu sempre venho por aqui, embora não deixe comentários em todas as vindas.

Gostei especialmente da postagem de hoje, pois mostra um lado seu bem interessante, uma história de vida espetacular.

A casa do sítio é linda. Deve ser uma construção antiga.

Apareça sempre.

Um beijão carinhoso.

VILMA PIVA disse...

Severa, linda camponesa, adorei conhecer teu caminhos abrindo portas para que possamos contigo estar desfrutando os ares outonais
nesse teu cantinho de pura inspiração! Parabéns por tua linda poesia! Beijos

Aleatoriamente disse...

Severa querida.
Caminhar contigo nestas paragens é emoção pura.

Lindo observar um poetisa junto de sua poesia.Ficou lindo moça!

Beijos.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Boa noite querida mami Severa. Que viagem no tempo... que recordações maravilhosas e para sempre inesquecíveis. Ah, como é bom voltar nos lugares em que fomos criados e passamos momentos,bons ou não, de nossa infância. Estarei sempre por aqui, mas até o dia 11 estarei tirando umas férias do blog para curtir a Nininha aqui em Floripa. Um grande beijo, FIQUE COM DEUS.

MA FERREIRA disse...

Mammy..passei te dar um beijo!
te amuu...

Lu Nogfer disse...

Queridissima Severa!

Acho linda essa sua inspiraçao!
E nada melhor do que a natureza para isso!
Quanto ao outono, acho que sou suspeita pra falar, pois é a estaçao de nasci!Acho uma delicia!Temperadinha rs


Lindo post minha amiga!

Beijos!

Cecília Romeu disse...

Miss Simpatia!
Severinha do meu coração!
Por falar em saudades... vim te buscar para passear um pouco no Humoremconto hahaha!
Lindo, lindo esse post! e conhecer mais de ti, muito legal.

Beijossssss :)

Toninhobira disse...

Lindas asas que fizeram esta viagem e de lá trouxe este poema encantado.Voce é unica minha amiga e esta alegria e energia que nos passa, há que ser abençoada como os campos e arvores que assistiram sua bela caminhada.
Fique na paz sempre.
Uma linda vida declarada,que tenha sido dura, mas revigora no calor da vitoria,sua linda vitoria.
Minha terna admiração com um abraço carinhoso.
Beijo de luz nos seus dias de poesia.

Anônimo disse...

Pois é ne,,,
Impocível impedir a vontade do tempo.
Da cabeça.
Apagar pensamentos.
Se trancar em algemas.
Mas possível proteger a liberdade das palavras.
Que direcionam se para a posição mais acertada.
Levando um pouco da saudade.
Que no meu coração.
Fez morada.

Anônimo disse...

Pois e ne,,,
E se ainda assim não for cativado.
É por que.
O amor se equivocou ao direcionar se.
Por erro de percurso.
Anda se por ai.
Um coração em frangalhos,,,