folhas de outono

folhas de outono

quinta-feira, 18 de abril de 2013

DIA DE ÍNDIO ! ! !

Eu,Severa Cabral,hoje chego de índia,para homenagear
essa classe que deveria ser exaltada por defender aquilo
que temos de mais precioso.A natureza!
Já que invadem o seu chão,não respeitam suas leis,
seus costumes e sua cultura.Os índios só servem 
de lição ao branco selvagem...


Historicamente falando,todo dia é dia de índio,
então falar de índio,fica a lembrança também de alguma coisa.
Por isso que estou a sorrir,rsrsrsrssr,por encontrar  razão,
para comemorar este dia de forma modesta e apaixonada .

Sendo descendente de índio,onde minha bisavó
materna era índia,da qual herdei alguns traços dela,
e fazendo parte da terceira geração,trago meu orgulho
em forma poética.

SOU  ÍNDIA  !

Sou filha da mãe natureza
do qual tirei da selva
onde extrai da relva
habitando esse chão

Sou índia
vivendo ao natural
em busca do verdadeiro ideal
mas a covardia voraz
tirou-me o chão

Sou índia
deixando-me vadia
nem o sangue silencia
nenhuma desculpa é alimento
mas tenho um grande amor...

Severa Cabral (escritora )
Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998

                                                                                                             

Fui índia por um dia !!!!
E você já foi índio ( a )
algum dia no seu viver ?

     


82 comentários:

Verinha Portella disse...

Severa,minha maravilhosa!!!

Tu não existe ,guria,rsrsrsrs que índia mais linda é essa????

Quanto mais te conheço mais te gosto.
Adorei o texto...e as ilustrações...
que maravilha!!!

Parabens..te adoro

veraportella

Gracita disse...

E agora já não sei como dizer... musa indígena? Menina Severa a cada postagem uma bela surpresa. Ficou incrível a forma como escolheste para homenagear os verdeiros donos deste rincão amado. Parabéns pela excelência da postagem. Tu és SEVERA... sempre brilhante no poetar.
Beijos e uma noite perfeita.
Gracita

isa disse...

Que encantadora maneira de elogiar o
povo índio!
É linda de qualquer maneira e encantadora de índia.
Se defender os direitos dos oprimidos é ser índia, então sou-o sempre,com mt orgulho.
Beijo.
isa.

Lucinha disse...

Severa,

A índia mais bela que já vi.
Acho linda essa forma que você tem de trazer os assuntos com tanto charme, e ainda com lindas poesias.
Os nossos índios merecem. Infelizmente, não são, e nunca foram respeitados. Uma pena!
Os daqui têm suas tribos e tradições, mas vivem no meio da sociedade. Afinal, somos todos iguais perante a Deus.

Muito linda a sua homenagem. Beijos

✿ chica disse...

Severa, tu és demais.

Te propões e fazer tudo!

Linda homenagem e tu ficaste muito bem de índia!! Que produção!!!

Gostei da poesia e reconhecimento aos índios. Beleza! beijos,tuuuuuuuudo de bom,chica

Rô... disse...

oi minha querida,

adorei a homenagem,
e saber da sua descendência indígena,
admiro muito esse povo que explora e cuida da terra,
pena que com o passar dos anos,eles perderam a razão com agressões e invasões...

beijinhos minha índia favorita,

Sônia Amorim disse...

Lindo amiga, adorei te ver de india, sou tambem uma india,me sinto india, pois adoro andar descalça e com os cabelos esvoaçados, amo a natureza e se pudesse viveria sempre no meio dela, e largaria essa selva de pedra que me rodeia, e gente fria e má que nela há, mas enquanto preciso aqui viverei, pra quem sabe um dia ser uma india e viver em meio a natureza, desejo um bom dia querida!

Dorli disse...

Oi Severa!Você é uma índia B B G I.
Se não souber o que é, entre no google e clica: Você é B B G ou B B G I ? - Lua singular.
É um elogio.
Tá uma índia linda...
Beijos
Lua Singular

Daniel Costa disse...

Amiga Severa

A costela de Índia que vem dos teus avoengos, deixaram em ti o apelo do sangue muito vincado, por isso não é a primeira vez que homenageias essa ancestral, ou ancestrais étnias, que povos dito cultos dizimaram, em nome sabe-se lá de quê!
Curioso, como fazes um interessante arranjo das vestes, dos próprios cabelos, a tentar fazer uma retrospectiva do povo da época.
Depois o poema é um composto muito feliz.

Beijos de amizade

ana costa disse...

É lindo que exaltemos e tenhamos orgulho nas nossas origens, e tu minha amiga fizeste a tua homenagem agora de uma maneira fantástica!!!!
parabéns
beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Parabéns, foi a mulher índia mais bonita que já vi.



Fui índia(o) por um dia !---Não
E você já foi índio ( a )---gostava

algum dia no seu viver ? ---vou ser

edumanes disse...

No dia do índio
Eu vi minha índiazinha
Com o seu corpo luzidio
Muita bronzeadinha.

De zagaia na mão
Um sorriso nos lábios
Guardados no coração
Todos os seus aniversários!

Ela é filha da mãe natureza
Criada na floresta
Por isso tem tanta beleza
No belo corpo dela!

Viveu ao natural
Como a vida é mais bela
Brincava no canavial
Deitada na areia estava ela!

Mas quem é ela,
É Severa Cabral (escritora)
Uma índiazinha, flor amarela
Bela e elegante senhora!

Bom fim de semana e um beijo
para você, (Amiga Maruja),
minha índiazinha!
Eduardo.

Felisberto Junior disse...

OLá!
Querida amiga Severa,moça bela.
Muito linda essa postagem e o poema em homenagem aos índios.Belas fotos e vc está linda como índia.
O Brasil possui uma imensa diversidade étnica, e é mais indígena do que normalmente se supõe. Ainda que culturalmente transformada pela interação a presença indígena é ainda fortemente percebida. Se é verdade que os indígenas estão reduzidos a uma pequena fração do que foram no passado, também é verdade que este segmento da população encontra-se hoje em plena recuperação. A preocupação, agora, é a garantia de seus direitos constitucionais, pela posse da terra, pela defesa de condições dignas de vida, e pela conquista de seu espaço político...
nunca fui ,mas seria com prazer!
Obrigado pelo carinho
Bom dia
Boa sexta feira
Beijos

Ana Bailune disse...

Olá, Severa. Muito criativa! Sou índia, e quero apito!!!

Bandys disse...

Ola Severa,

Qua criatividade... muito legal sua homenagem. eu ja fui índia no colegio...Sua poesia ta fantástica e sua roupa ficou perfeita.

Um grande beijo

Cristal de uma mulher disse...



Bela homenagem amiga.

O índio deve ser respeitado não só por defender a natureza mais sim como seres humanos e isto foi tirado deles sem piedade.
Nossa gente tem um ar de destruição de poder,onde nunca observa o seu amanhã. Se acham poderosos a destruir tudo que é belo e perfeito.
O índio sempre foi e sempre será o que guarda e estas raízes nunca o homem destruidor vai arrancar de suas veias limpas e humana...Salve o índio todos os dias,assim como glorificamos ao que nos CRIOU!

Muito bom Severa adorei.

Beijo e um lindo fim de semana

Eu Meus Reflexos e Afins disse...

Severa!
Você é adoravelmente performática! Adoro essa enorme vontade d viver celebrando sempre.
Bjins

ᄊム尺goん disse...

Puxa que India mais bonita!

Vc é danada....que tenhas uma
sexta-feira acompanhada de um belo cacique! rs


beijooo

Ana Cecilia Romeu disse...

Severinha, flor de formosura!
Miss Simpatia linda!
ADOREI tua postagem! Muito oportuna a tua homenagem aos índios do nosso Brasil, que precisariam de nosso respeito, e em principal, das autoridades. E afinal, todos nós brasileiros temos que seja um pouquinho de sangue indígena correndo nas veias, não é mesmo?

Te espero por lá também, Severinha, gostaria de tua opinião de índia kkk no meu novo post!

Beijos e ótimos dias!

lis disse...

Oi 'minina' linda!!
ficou um show este post , voce é incrível!
Uma homenagem sempre muito pessoal , de forma sempre deliciosa,
Adorei Severa
poeta escritora e atriz,
beijinhos

Kalyan disse...

simply beautifully captured shots... lovely!

Bruno disse...

Bom da Severa
Teu espaço é lindo! E a forma singular da homenagem me despertou a curiosidade. Já sou seguidor aqui.
Um belo poema homenagem. Este nosso povo merece todo o respeito e deferência.
Um abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Olá querida amiga
Como sempre criativa e original. Merecida homenagem à essa raça originalmente dona dessas terras chamadas Brasil, e hoje tão desrespeitada pela ganancia do chamado homem branco. Parabéns.
Bjux

Ilca Santos disse...

Olá amiga,
Simplesmente maravilhoso seu post!
Uma justa e oportuna homenagem aos índios.
Parabéns! Você está bela e fascinante!
Beijos minha linda.

Rita disse...

Bom dia de sábado de Sol!!
♫♫♫ (¸.•❋

Vim deixar um abraço ,desejar um belo
final de semana, ver e gostar do seu
post.Linda essa india tão fofaaaaa
Termino com uma frase que adoro.

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

(Vinicius de Moraes)

Abraços com carinho
Rita!!!!
♫♫♫ (¸.•❋

Nal Pontes disse...

acabei de conhecer teu cantinho pôxa quanta energia positiva, linda, muito linda ficou essa india. Parabéns pelo blog. Vou te seguir aqui. Ok, bjsss

Evanir disse...

Madrinha .
Eita india mais linda!!!
Gosto desse seu gente de ser dona de uma criatividade impar.
Madrinha hoje me sinto feliz embora minha vida tenha dado uma reviravolta de 180 graus sinto realizado meu maior sonho unir blogueiros.
È bom recordar quando te conheci estive voltando a pagina do tempo do meu blog .
Deu para sentir a dimensão do trabalho feito no decorrer de curto espaço de vida da Viagem.
Na virada das paginas vi a primeira vez que coloquei você na minha postagem.
Tive momentos únicos num passado não muito distante.
Fico feliz em ver que tudo valeu .
Linda india feliz final de semana beijos da afilhada,Evanir.

Loivarice disse...

Boa tarde Severa, rsrsrs,, linda linda, acho que você nasceu india... bjks e tenha uma semana iluminada.

Imaculada disse...

Linda e doce índia!
Só você mesma para comemorar essa data com tanta criatividade e beleza!
Amei tudo...Parabéns!
Abraços! Boa noite e um amanhecer abençoado pra ti.

Tunin disse...

Você é fantástica! Entra no assunto de corpo e alma e faz a beleza do escrever na sinceridade da ilustração.
Fico boquiaberto de ver a espontaneidade de suas produções.
Abração, querida.

Dorli disse...

Oi Severa!
Como lhe disse você ficou linda enfeitada de índia, ainda bem que não foi na época da "Descoberta do Brasil", do contrário seu sorriso morreria.
Gosto muito de História e, sempre contei para os meus alunos a real e verdadeira história do mundo.
Eu tenho numa caderneta um rascunho que fala sobre a vinda de Cabral para o Brasil, se eu colocar no ar, eles excluem minha postagem e vou ser excomungada pelo clero.
Deixa pra lá...Eu quero é paz.
Beijos
Lua Singular

Felisberto Junior disse...

Olá!
Querida Severa, moça bela!
vim agradecer o carinho da visita, sempre, e desejar um ótimo domingo
Paz e luz
Beijos

Vera Lúcia disse...


Olá Severa,

A homenagem é mais que justa e merecida, mas sua forma de homenagear foi realmente fantástica e criativa.

Adorei a caracterização. Uma índia perfeita. Tá no sangue, né?

Ótimo domingo.

Beijo.

Cidinha disse...

OI, amiga. Saudades!! Dificuldades pra chegar até aqui. Amei você de india... está radiante e linda. Parabéns pela criatividade e amor a terra!! Quero agradecer sempre todo carinho para comigo. Deixo muitos beijinhos neste fim de tarde e ótima semana!

Sandra Subtil disse...

Há muitos anos atrás li Papalagui e fiquei desde então apaixonada pela forma como os índios entendem a vida. Recomendo esta leitura a todos. E parabenizo esta tua iniciativa. Sempre a rigor, hehehe.



beijinho

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Você fica muito bem de morena.
Mais iluminada.
Somos todos índios é o nosso lado bom.
"Amantes da natureza, incapazes de maltratar uma fêmea, ou de poluir o rio e o amar".
Elemento puro e perfeito.
Bjs.
Wilma

Leonel disse...

Que indiazinha simpática!
Todo o dia é dia de Severa!
Um beijo para você, minha amiga das selvas!

Sueli disse...

Que bela homenagem ao povo da nossa terra, amiga! Eu sou descendente de indígenas, com muita honra! Um abração!!!

MARILENE disse...

Que índia especial! Fez uma linda homenagem a esse povo, em fotos e em versos. Grande beijo!

Gracita disse...

Bom dia amada Severa
“Quero que você comece o seu dia sentindo todo o meu carinho. Que as vibrações de alegria do universo lhe protejam e lhe guie neste dia, para que você consiga realizar todos os seus projetos. Você faz com que o meu dia comece assim : CHEIO DE PAZ e é assim que eu quero que você comece o seu.”
Beijos
Gracita

Lucinha disse...

Severa,

Passei pra ver essa índia linda da Paraíba, e desejar uma linda semana.
Beijos

Sotnas disse...

Olá poetisa Severa, e que tudo esteja bem!

Bela homenagem a estes semelhantes tão maltratados, surrupiados e jogados a margem desta hipócrita sociedade que com a mesma capacidade de acolher um cachorro abandonado também toma as terras destes que mais preservam a natureza para escravizar o semelhante na terra em seu próprio benefício!
Belo escrito e pensamento, como sempre encontro por cá em todas as visitas!
Ah, e belas imagens também, e creio que grande parte dos brasileiros tem um pé nas ocas desta nação!
E grato pelas visitas sempre tão alegres e gentis, eu deixo cá meu desejo para que tenha em teu viver sempre esta intensa felicidade, abraços e até mais!

Luciana Souza disse...

Oi Severa
Que bela homenagem ao dia do índio!
Vc sempre inovando! Parabéns pelo visual e pelo poema! Os índios sempre foram martirizados pelos brancos e merecerem todo nosso respeito!
Bjs. querida.

Desbravadores de Livros disse...

Você ficou uma graça, querida
Adorei a ideia.

Vou querer homenagear também, quem sabe um dia com meu noivo, rs.

Ficou ótima.
Adorei a poesia também. Um primor.

M&N | Desbrava(dores) de Livos

vieira calado disse...

Oh, índia!
Já passou o Dia do Beijo,
mas registei!

Boa semana para si!

Vivi disse...

Que imagens lindas e fantásticas! Lindos poemas. Adorei o blog e vou seguir.
Boa terça-feira cheia de harmonia!
Bjs
Vivi
http://esquecimedeviver.blogspot.pt/

✿ chica disse...

Vim deixar um beijo desejando ótimo dia! Tuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom! chica

selma disse...

Oi amiga Severa linda homenagem ao dia do indio.Acho que todos ná temos um pouquinho de índio dentro de nós....
Amiga estou um pouquinho preguiçosa em relação ao acesso ao meu blog mas apesar de não estar onde você passa você está no meu coração.Amiga linda fotos lindo tudo como sempre com a sua criatividade cheia de muita vibrações positivas.Parabéns sempre amiga escritora...
Convido você para visitar o blog de meu filho que está recentemente entrando neste mundo virtual,

http://venhaparaciao.blogspot.com.br/

Linda semana de muitas alegrias e inspirações
beijos de luz

Dorli disse...

Oi Severa

Esqueci de lhe dizer: sou bisneta de índia com mineiro, foi onde saiu essa louca Dorli...rsrs
Obrigada pelo comentário
Lua Singular
"Estava na academia e hidro, engordei muito...rsrs), marido não gosta"
Beijos
Lua Singular

Vera Lúcia disse...


Olá índia charmosa,

Passando para agradecer a carinhosa visita e desejar-lhe um delicioso restinho de tarde.

Beijo.

Anne Lieri disse...

Oi Severa querida!Linda índia na foto e na poesia!Vc sempre surpreendente!Adorei ve-la tão bonita, de india!Amanhã tem poesia sua lá no Recanto tb!Bjs e uma linda semana!

Bandys disse...

Oi querida,
Demorei a voltar porque estava viajando. Essa sua ideia foi fantástica, muito legal mesmo.

Estou me cuidando sim e espero que vc esteja fazendo o mesmo.

Beijos

Zilani Célia disse...

OI SEVERA!
ÉS MUTANTE E AO INCORPORARES ESTA FIGURA, DE ÍNDIA,NOS PASSAS TODA A TUA VERSATILIDADE E NÃO O FAZES SÓ COM PALAVRAS, MAS TAMBÉM COM TUAS ATITUDES, SEMPRE TÃO CORAJOSAS.
AMIGA AQUI DEIXO MEU ABRAÇO E MINHA ADMIRAÇÃO, POR TI.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

elvira carvalho disse...

Admiro a sua enorme capacidade de se integrar em situações e ambientes diferentes.
Um abraço

Clarice Moreno disse...

Bom dia amiga, irmã de alma e coração, saudade de tu querida, vamos combinar um bate papo inbox no face, é tão gostoso, quando estamos teclando parece que escuto tua voz... já te disse isso né amiga. Severa amo este seu jeito de ser, você é guerreira, é audaciosa com esplendor, é exuberante em suas postagens, e escreve com dinastia, linda homenagem ao nosso Índio, que somos seus descendentes, e para mim são os verdadeiros descobridores deste nosso Brasil, devemos respeito a este povo, as todas suas tribos, a toda está família Indígena! Amiga querida, obrigada pela tua sincera amizade, te admiro, sinta meu forte abraço, beijossss da sua sempre amiga e irmã, Clarice

Felisberto Junior disse...

Olá!
Boa tarde
Querida amiga Severa, moça bela!
agradecendo pelo carinho da visita e amizade!
Obrigado e bela quarta feira!Paz e luz!
Beijos

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Severa. Uma bela homenagem. Cheguei atrasada, mas creio que vale a pena do mesmo modo, afinal, "todo dia é dia de índio"
Não sabia dessa curiosidade sobre você, muito bom.
O poema revela verdades e eles não são valorizados, infelizmente.
Acredito que na nossa mistura de raças, todos têm um pouco de índio em si!
Beijos na alma e você ficou linda!
A sua coragem é incrível!

Convido você a votar no meu poema chamado "DAMA MALDITA!", que está concorrendo no concurso de poesia do blog "BICHO DO MATO"
Para votar, clique no círculo ao lado do nome do meu poema, que fica à direita do blog.
Para comentar, clique na minha foto ou vá direto pelo link abaixo.

http://blogdobichodomato.blogspot.com.br/2013/04/dama-maldita.html


Obrigada pelo carinho e fique com Deus!
Beijos na alma!

Eloah disse...

E não é que fostes uma índia por um dia!E que bela índia te transformastes.Repito o quanto admiro esta tua disposição , exuberância e alegria de viver.
Linda!!!Parabéns!
Continue a nos encantar.Bjs Eloah

ELAINE disse...

Severa querida! A semana que passou estive envolvida em muitos problemas de ordem pessoal e não consegui visitar e/ou responder comentários! Peço perdão! Estou tentando normalizar.... Parabéns por um post tão lindo e cheio de sentimento!
Obrigada pela amizade e pelo carinho!
Grande e carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Ilca Santos disse...

Olá amiga!
Passando para deixar um beijo carinhoso e desejar à você um amanhecer lindo cheio de luz!!!

Gracita disse...

Bom diaaaaaa minha linda musa Severa!
Não são as coisas bonitas que marcam nossas vidas, mas sim as pessoas que têm o dom de jamais serem esquecidas. E você está sempre presente no meu coração.
Beijos no coração e afagos na alma
Gracita

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Linda amiga e poetisa Severa Cabral!Você como índia está perfeita,em seus olhos existe a meiguice e doçura que eles nos transmitem.
Obrigada sempre pela visita e comentários.Parabéns também à você pela união com seu amado de 43 anos de amor,respeito e cumplicidade mútua.
Bjs amiga
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Cristi@ne disse...

Oi Severa tdo bom? Vc é mesmo uma artista... adorei vc vestida de índio! Respeito muito nossos descobridores e tenho pena porque o Brasil extingue eles do nosso convívio :( o governo não os dá a devida atenção!

Já estou te seguindo amiga...
Venha visitar meu novo blog... quero divulgar lá seu livro pode ser?

Um grande bjinho :D
Bom fds...

http://livrosleituraeciadacris.blogspot.pt/

*** ZIZI *** PARA OS AMIGOS!!! ### disse...

Minha mestra, vc é demais! Sim eu tenho sangue de Índia!
Minha avó materna era filha de Índia!!!

Amanhã vou fazer um post do meu níver, abril só festa!


Eu quero te pedir o favor de me conceder a honra de aceitar-me no Facebook que enviei faz tempo! Se puder me dar uma colher de chá curta minha fanpage. Coloquei tudo na mensagem!


Te amo muito Minha Índia linda!!!

Beijinhos nestas buchechas vermelhas...

Bruno disse...

Olá Severa
Só uma pessoa muito amorosa é capaz de escrever com tanta particularidade um poema de enaltecimento aos primeiros filhos de nossa terra. Perfeitos versos!
Um abraço
Bruno

Dorli disse...

Oi Severa
Eu a vi no Facebook de índia.
A poesia do outono que fiz, lembrei-me de você.
Obrigada
Beijos
Lua Singular

Minha vida de campo disse...

Que linda homenagem. Todos somos descendente deste povo maravilhoso e tão sacrificado.
Bjos e tenha um ótimo fim de semana.

Minha vida de campo disse...

Que linda homenagem. Todos somos descendente deste povo maravilhoso e tão sacrificado.
Bjos e tenha um ótimo fim de semana.

Evanir disse...

Madrinha por aqui o tempo já esfriou
o jelinho no pé também já começou.
Quisera eu no frio ficar no Nordeste
o frio acaba de vez comigo.
Lindo final de semana beijos da afilhada,Evanir.

Anônimo disse...

Ficou uma índia porreta.
Pagando sua visita.
Quando me seguir.
Faça com carinho e cuidado.
E não se esqueça.
Que atras de mim.
Existe uma sombra.
E um anjo da guarda.
Não queria, mas não consegui demover.
Falaram que só o fazem para me proteger

Anônimo disse...

Créditos nas visitas.

Passado e engomado.

Saudades desse tempo.
Onde costumava dizer.
Já fui carinho.
Já fui amor.
Ainda hoje, não tenho vergonha de afirmar.
Que o baque não me consternou.
E aqueles que não me encontrarem com um sorriso aberto.
Podem estar certos que se enganaram com uma copia.
Pois perdido por ai, tem que haver o original.

Anônimo disse...

Créditos nas visitas.

Papiro de poesia.

Papiro de poesia.
A arte da palavra.

Se fosse o único interessado, perderia-me nos labirinto infinitos da compreensão.
Pois como a arte bem me fala.
Eu lhe anuncio entremeando tristeza e solidão.
Pode até ser que os meios sejam forçados.
Mas bem verdadeiras as consolidações.

Mary disse...

Severa vc ficou linda de índia, alem da bela homenagem vc se diverte fazendo o que tanto gosta, e faz lindamente.

BEEEIJO

ONG ALERTA disse...

Tu és incrível....realmente todo dia é dia do índio, beijo Lisette.

Anônimo disse...

Créditos de um visitante.
O de casa, estou chegando.

Se a saudade bater.
Juro que não irei atender.
Pois já não me recordo.
De tudo que no passado.
Nos aconteceu.

Mariazita Azevedo disse...

Minha querida amiga
Só duas palavrinhas para desejar um óptimo Domingo, cheio de Luz e muito Amor.

Beijinhos carinhosos.

LINDA postagem! Parabéns à bela índia :)))

Malu Silva disse...

Que índia mais bela! Achou muito bacana. Eu nunca fui uma índia, nem quando estava na escolinha...
Mas ainda me vestirei de índia um dia!!!
Beijinhos e lindo domingo!

Toninho disse...

És mesmo uma espoletinha de tacape, arco e flecha.
Haja criatividade neste poetisa.
Voce é um encanto mesmo amiga.
Mas voce tem todos os dias.
Um abração de minha terna admiração.
Bjo.

Anônimo disse...

Créditos de visitante.

Meu sol.

Quando estamos sois.
Você.
Enlouquece, incita.
Castigando coração.
Sufoca-me e maltrata.
Deixando-me em confusão.
Tudo por que ti gosto.
Ti amo e ti beijo.
Sem se importar, por que ti vi primeiro.
E já nem mais tem jeito de voltarmos atrás.
Por nos sentirmos, fumaça e fogo.
A se incendiarmos.
No braseiro da paixão.

Nati Caetano disse...

Olá minha linda amiga! Linda Poesia e está linda como índia.Amiga eu estou postando, mas ninguém ia no meu blog, pois não aparecia no painel de leitura as minhas atualizações, e fiquei com problemas de saúde, e acabei ficando mt desanimada, mas você amada faz falta tb,saudades da sua pessoa tb, vc faz falta e deixo aqui meu carinho, meu abraço e minha amizade por ti. Bjs e uma semana iluminada.Nati

Agradeço o nosso amigo Felis que me deu a dica de um site que deu certo as atualizações.Grande Menino amigo.

Amada xau e aparece no meu cantinho.

Anônimo disse...

Créditos de um Anônimo.

Sou.
O que não digo.
O que não nego.
O que nem trago.
Sou o que sou.
O que ainda nem se criou.
E se fosse tardaria em afirmar.
Pois ser por ser.
Nem nego e nem aprovo.
Apenas reconsidero.
Um resto do que sou.

Anônimo disse...

Créditos de um visitante.

Bem sei o quanto o sim nos faz bem.
Mas por opressão, ou por respeitar
As regras.
Por enquanto vai se agarrando ao não.
Estou ai para ninguém.
Quem sabe um outro dia.
Se estiver agendado e claro.
Pois é assim, que anda o meu coração.
Acelerado que só.